Carregando o Mundo!
FamíliaFilhos

6 dicas para diversificar a alimentação da criança

Como variar a alimentação do seu filho

Como diversificar a alimentação da criança? Uma das questões mais frequentes que vejo por aí, principalmente com relação às viagens é: O que meu filho vai comer?

Observei alguns comportamentos que podem ajudar a criança a variar o paladar e comer de forma mais variada. Afinal, tanto crianças quanto adultos que comem alimentos variados tendem a se adaptar mais fácil em diferentes lugares, com tipos diferentes de comida. Além disso podemos ensinar nossos filhos a não terem medo de provar novos alimentos e por consequência, apresentar também opções mais saudáveis.

Vale lembrar que essas dicas são feitas com base na minha experiência pessoal. Leve sempre em conta as orientações do seu médico ou nutricionista na hora de diversificar a alimentação do seu filho.

1 – O exemplo dos pais na hora de diversificar a alimentação

Comece com os pais! Os pais que têm normalmente uma alimentação variada influencia o filho a comer de forma variada. As crianças são naturalmente curiosas e se veem os pais comerem colorido provavelmente vão querer provar. Se puder começar a variar a alimentação ainda na gestação, melhor ainda, o bebê passa a sentir os sabores através da alimentação da mãe, portanto quanto mais variada for a alimentação, mais sabores o bebê conhecerá e menor a chance de ter um paladar super restritivo.

Vinícola no Chile Vale de San Antonio Vale de Casablanca Vinho Orgânico Biodinâmico
Experimentamos o meu degustação do restaurante da vinícola Matetic no Chile. Lorenzo foi de meu Kids mas quis provar todos os nossos pratos.

2 – Tente variar a comida da casa

Como variara a alimentaçào do seu filho

Priorize a variedade de alimentos em casa. Uma coisa muito importante é melhorar a qualidade e diversidade da alimentação oferecida em casa. Quando o bebê depois de 1 ano já estiver apto a comer todo tipo de comida, o ideal é tornar a comida da casa toda saudável o suficiente para que a criança também coma e não fazer a refeição da criança separadamente. Sempre que possível façam as refeições juntos, e claro, varie o máximo possível os alimentos.

3 – Quer diversificar? Vá á feira e leve seu filho

Curitiba o que fazer organicos
Setor de Orgânicos do Mercado Municipal de Curitiba

Leve a criança com você à feira, vai ser mais difícil e mais demorado fazer as compras, mas é um jeito bem interessante deles verem alimentos diferentes, que muitas vezes nem o adulto conhece. Escolham juntos uma fruta, um legume diferente para ser preparado em casa.

Quer saber onde comprar alimentos orgânicos com bons preços, veja esse post!

5 – Cozinhem juntos

 como variar a alimentação do seu filho
Não sei porque mas quebrar os ovos e trabalhar com eles desperta bastante o interesse.

Cozinhe junto com a criança, escolham uma receita para prepararem juntos. Pode ser da internet ou de algum programa de tv. Crie um desafio do tipo tem que ser algo que a gente nunca comeu. Inclua-se no desafio, é importante para a criança saber que a gente se arrisca a provar comidas diferentes também. Se for viajar, que tal pesquisarem juntos sobre como é a alimentação no destino? Que tal experimentar fazer em casa uma receita típica do destino?

Neste post eu coloquei algumas receitas que já preparamos juntos por aqui.

Como variar a alimentação do seu filho
Equilibrar a oferta de pratos favoritos com pratos diferentes faz parte.

Calma! Dá para combinar tudo isso sem enlouquecer! Neste post eu conto como eu aprendi a oferecer uma alimentação saudável sem neura!

6 – Não force a barra

Como variar a alimentação do seu filho
Frutos do mar em San Andres na Colômiba, provados e aprovados!

Não obrigue a criança a comer uma comida sem gostar. Mas insista para que experimente várias vezes. A regra que temos em casa é: não precisa comer tudo se não gostar, mas tem que experimentar mais de uma vez. Se não der certo de um jeito tem que experimentar outro dia com o alimento preparado de forma diferente, mas não será obrigado a comer tudo se não gostar. Assim a criança não precisa ficar com medo de provar coisas diferentes.

Vai viajar e tem um bebê de colo ainda? Veja esse post da Lu que dá dicas sobre alimentação de bebês em viagens