Carregando o Mundo!
EditorialFamília

Ser mãe, ser mulher, ser eu, ser incrível

individualidade maternidade

Faz muito tempo que não escrevo textos absolutamente pessoais por aqui. Aproveito o dia das mães para fazer uma reflexão sobre ser mãe e também ser muitas outras coisas.

De uns tempos para cá eu descobri que “acordei para a vida”só depois dos 30 e que foi a decisão de ser mãe me possibilitou isso.

Eu falo que “acordei para a vida” porque a decisão de ser mãe, foi de fato a minha primeira decisão.

Eu nunca soube muito bem como tomar decisões e acho que tive sempre muita sorte. Acabei estudando turismo porque estava na moda na época. Tive sorte que gostei e aprendi tanta coisa legal que todos os dias eu sou grata por ter feito essa escolha.

Apesar disso eu nunca me dediquei a trabalhar na minha área porque precisava ganhar dinheiro e fui agarrando com muita responsabilidade e gratidão todas as oportunidades que me apareciam.

Eu vivia no modo automático colocando a carreira em primeiro lugar afinal, esse era o jeito responsável de viver na minha opinião na época.

A primeira decisão: engravidar

Capri Italia chuva
Chris, meu companheiro de todas as horas e eu debaixo de chuva em Capri na Itália, essa viagem representa a primeira decisão tomada, foi ali que decidi ser mãe e voltei para a casa com o Lorenzo na barriga

Quando eu resolvi engravidar, eu como uma boa nerd controladora, comecei pelo planejamento e assim fui pesquisar tudo que pudesse sobre maternidade.

A minha irmã já tinha me apresentado o tal do parto humanizado então eu comecei por aí.

foto gravidez
Essa foto foi em um dos cursos de preparação para maternidade. Na verdade, eu fiz dois cursos, li vários livros e pesquisei um monte na internet até decidir que tipo de pessoa eu queria ser para exercer meu papel de mãe.

Durante todo o meu planejamento eu fui percebendo que a minha vida do jeito que era, não seria adequada para vida que eu queria ter como mãe.

A mãe que eu queria ser

Eu tinha que mudar uma porção de coisas e fui mudando ao longo a gestação e da licença maternidade, quando chegou o momento de voltar ao trabalho. Para mim significava: voltar a velho padrões eu optei por não fazê-lo.

E olha, eu gostava do meu trabalho, eu era feliz lá . Só que eu tinha um objetivo diferente, queria me dedicar totalmente a criação do meu filho e estruturar meu lar para viver de acordo como os meu ideais e para isso na minha visão não cabia um trabalho formal.

Eu sei que não precisa ser assim e acredito que toda mãe e mulher tem o direito e o dever de escolher o seu próprio jeito viver.

Criei o lar do jeito que eu queria, rotina, alimentação saudável e exercício físico.

Nanai com bebê
Quando Lorenzo completou 4 meses, eu já tinha estabelecido uma rotina e já estava segura como mãe para fazermos nossa primeira viagem com ele. Escolhemos um resort na praia de muro de alto em Pernambuco, para testar como seria.

Apesar de ter muitos momentos extremamente desafiadores, eu até que conseguia bater minhas metas no quesito maternidade.

Um mundo para todas as Karinas

Foi aí que sobrou um tempinho para eu ouvir a Karina indivíduo que estava lá pequenina gritando para aparecer, já que a Mãe, a Esposa e a Dona de casa estavam preenchendo quase todo o espaço.

Isso aconteceu lá em 2015 e foi aí que nasceu o Blog da Lion, que tinha o meu apelido que foi ganhado no trabalho para dizer que aquele espaço era só da Karina mulher. Bem, o resultado vocês já viram… todas as Karinas se misturaram aqui no blog que teve que crescer e virar um mundo inteiro de Karinas.

nossa o mundo e nosso
No Blog eu pude compartilhar muitas coisas que fui aprendendo sobre viagens com filhos, alimentação e assuntos diversos da maternidade.

Desde então, tenho me dedicado ao autoconhecimento para conseguir encaixar todas as Karinas neste mundo. Todos os dias tenho que lidar com as minhas decisões para tentar descobrir o que eu realmente preciso fazer para poder cuidar desse mundo que é nosso e que convida a todos vocês a continuarem nessa jornada comigo, aqui no Nossa! O mundo é nosso.

Somos incríveis!

Agora, só para terminar eu preciso compartilhar algumas descobertas recentes dessa minha fase de autoconhecimento.

Eu sou incrível, e todas as Karinas que moram aqui são incríveis.

ideia de foto em Cartagena
Somo incríveis!

E você minha cara leitora ou leitor também é!

Juntos vamos continuar a encher esse mundo de pessoas incríveis!!

Outros posts legais: