Carregando o Mundo!
Viagem

Foz do Iguaçu com criança: Roteiro

parque da cataratas do Iguaçu

Neste post vamos te passar um roteiro de Foz do Iguaçu com criança. O post foi feito com colaboração de uma amiga viajante muito querida, Claudia Santos que gentilmente fez um relato de sua viagem a Foz do Iguaçu com a família em meados de janeiro de 2020.

Está planejando sua viagem? Veja nesse post como controlar seu orçamento de viagem.

Dia 1 – chegada em Foz do Iguaçu

O dia da chegada fica reservado para se acomodar no hotel, conhecer os arredores e fazer eventuais compras para lanches.

Onde ficar em Foz do Iguaçu

Hotel em Foz do Iguaçu
Lobby do hotel

Vai viajar com criança? Neste post tem dicas valiosas para viajar com criança para qualquer lugar

Hotel Bourbon Foz do Iguaçu Hotel

O hotel é ótimo! Estilo Executivo, prático, quartos confortáveis, recepção imponente.

O restaurante do hotel também agradou, pratos saborosos e bem servidos, inclusive os pratos do menu infantil também vieram bem servidos. Excelente opção para os dias em que estamos cansados demais para sair para jantar.

O café da manhã é bem variado e tem opções para dietas com restrições como veganos, alérgicos a leite ou ao glúten.

A localização é central e ajuda bastante. Em frente ao hotel tem um Shopping Cataratas JL que tem um mercado, o que é ótimo para garantir alguns lanchinhos para passar o dia.

Dia 2 – Parque das Cataratas do Iguaçu

parque das cataratas do Iguaçu iguazu

Eleita uma das 7 maravilhas da natureza, as Cataratas do Iguaçu são formadas pelas quedas do rio com o mesmo nome, que significa Água Grande em Tupi Guarani.

São 19 saltos principais, 5 deles no lado brasileiro e os demais no lado argentino.

parque da cataratas do Iguaçu

As quedas podem alcançar até 80 metros de altura e 2.780 metros de largura.

macuco safari Foz do Iguaçu roteiro

Macuco Safari

O Macuco Safari é o passeio que te leva mais próximo das cataratas do lado brasileiro. O passeio consiste em explorar o parque nacional através de trilhas que são percorridas, ora em veículos elétricos, ora a pé e de barco.

Na parte do barco, um bote bimotor, os visitantes são levados até bem próximo do salto dos três mosqueteiros onde podem ver bem a grandiosidade das quedas e renovar as energias.

Veja o relato da Claudia que fez esse passeio com seu marido e filho de 8 anos.

“Espetacular! Valeu muito a pena! É caro mas emocionante! Meu filho de 8 anos estava vibrando. Adrenalina a mil quando ficou embaixo de uma cachoeira generosa.Depois pegamos a trilha para chegar até a catarata, meu filho estava esgotado por conta do calor e da adrenalina anterior. Mesmo assim, fomos a pé pela trilha. Não nos arrependemos!”

Foz do Iguaçu roteiro
Trilha no Parque das Cataratas

Dica para quem viaja com bebê ou crianças pequenas: Para quem estiver com carrinho de bebê sugiro ir de ônibus até o ponto final da trilha. Tem momentos, na trilha, que tem escada.

Dia 3 – manhã – Parque das Aves

Localizado na Floresta do Iguaçu que é uma das mais importantes reservas de Mata Atlântica; o parque busca preservar as aves que vivem nesse habitat.

Lá é feito um trabalho de resgate para que as aves depois de cuidadas, estejam aptas a viver livremente.

A proposta do Parque das Aves é proporcionar a conexão entre o visitante e a natureza e explicar a importância de proteger a fauna e a flora das áreas de Mata Atlântica.

A Experiência do Parque das Aves com criança:

Compramos na hora numa bilheteria eletrônica. Não tinha fila.

O parque é arborizado com a mata bem fechada. Não se preocupem tanto com o Sol. O passeio é agradável. Tem alguns quiosques no meio do passeio para uma parada para um lanchinho (no nosso caso foi um açaí na tigela com banana, que levamos).

No trecho final, tem chafaris para se refrescar e as crianças ficarem brincando. Mas, cuidado com as crianças. Elas acabam se empolgando e correndo. O chão é bem escorregadio. O João fez amizade com outras crianças e começaram a brincar e tanto ele como uma outra caíram e ralaram feio.

Além da queda João acabou sendo picado por um formiga que tem uma picada bem dolorida. Colocamos gelo na hora mas, decidimos levá-lo à enfermaria do parque para que ele pudesse se acalmar. Fiquei arrependida de ter levado. Acabamos atrapalhando a hora vaga da enfermeira, que atendeu o João de forma grosseira, sem jeito com criança, nenhuma empatia. Nada a ver com o parque. Decepção total. 

Noite – Pôr do Sol no Marco das Três Fronteiras

Foz do Iguaçu roteiro marco das tres fonteira por do sol

O Marco das Três Fronteiras é um obelisco localizado na divisa entre os países: Brasil, Argentina e Paraguai.

Inaugurado em 1903 o marco fica na margem do rio Iguaçu e no Paraguai na margem direita do rio Paraná.

Hoje o espaço foi revitalizado e se tornou um atrativo turístico importante da região. Lá hoje, fica o restaurante Cabeza de Vaca, uma área com parquinho infantil e também são apresentados show com danças típicas.

Foz do Iguaçu roteiro marco das tres fonteiras

A Experiência no Marco das Três Fronteiras:

Tem um labirinto todo pintado que a criançada se amarra e brinquedos divididos por faixa etária. João adorou! O pôr do sol realmente é lindo! A visão da divisa entre os rios Paraná e Iguaçu também é incrível. Ver o lado da Argentina e do Paraguai é extraordinário.Vale muito o passeio.

Dia 4 – manhã – Blue Park

Foz do Iguaçu roteiro blue park
A entrada o parque aquático em Foz do Iguaçú

O Blue Park é um parque aquático com águas termais recém inaugurado em Foz do Iguaçu que fica sobre o aquífero Guarani.

O parque é dividido em três áreas, a praia termal, com piscinas de ondas e areia natural, a áerea com os brinquedos mais radicais e o Fantasy Land que é um espaço dedicado para as crianças pequenas que ainda não foi inaugurado.

Chegando no parque:

Assim que chegar pare na bilheteria mesmo que já tenha comprado seu ingresso na internet para pegar a pulseira de acesso.

Neste momento se quiser alugar um armário para guardar seus pertences durante a visita já peça as chaves na bilheteria.

Como são as atrações do Blue Park

Em janeiro de 2020 o parque ainda não estava com todas a instalações abertas ao público, na data visita estavam disponíveis um toboágua desses do tipo tubo e 4 toboáguas abertos com queda mais vertical.

A piscina com ondas, uma tirolesa e os pedalinhos também estavam funcionando.

Estrutura

O parque conta com armários, (aquele que já tem que pedir a chave lá na bilheteria) e banheiros com duchas onde é possível tomar banho.

Dia 4 – tarde – Organização para visitar as Cataratas do Iguçu do lado Argentino.

Para visitar as Cataratas no lado Argentino de carro é necessário adquirir um documento chamado Carta Verde em um casa de câmbio. Se quiser, pode aproveitar e comprar alguns Pesos Argentinos, mas no parque das Cataratas é aceito cartão de crédito.

Uma dica é ir de carro até a divisa e estacionar no Duty Free do lado brasileiro.

De lá pegue um táxi argentino para ir até o Parque Iguazu, dessa forma você passa por um acesso que tem menos fila e não precisa ter a carta verde.

Vai alugar um carro? Neste post eu conto todas as dicas!

Dia 5 – Cataratas do Iguaçu pelo lado argentino.

Na fronteira os policiais conferem os documentos: documento de Identidade ou passaporte e a carta verde.

Carteira de habilitação não serve como documento de identificação para entrada nos países do Mercosul.

Ao chegar ao Parque da Cataratas, você tem a opção de fazer a trilha até queda d’agua principal, a Garganta do diabo, a pé ou pegar uma senha e esperar pelo trenzinho que passa a cada 30 minutos.

No ponto final do trenzinho, o caminho segue por uma trilha toda estruturada com organização da caminhada com uma mão para ir e outra para voltar.


A Experiência no Parque das Cataratas com criança do lado Argentino

Esperamos pelo trenzinho por uns 20 minutos. Chovia muito.Deixei meu filho tomar um banho de chuva.

Para voltar também é necessário pegar uma senha para o trenzinho, durante o trajeto pode-se fazer uma parada intermediária para ver outras quedas d’agua que também são vistas do lado brasileiro.

Avalie se vale a pena, porque a espera pode ser grande.

Quer continuar a viagem?

Em Foz do Iguaçu você também pode visitara usina hidrelétrica de Itaipu e o Dreamland, que é um espaço com várias atrações como o Museu de Cera, um IceBar e o Parque dos Dinossauros.

A Lucinda do Viajar mais aos 50 conta detalhes sobre essas atrações para você incluir no roteiro no post: Itaipu e Dreamland em 1 dia

Onde comer em Foz do Iguaçu

onde comer em foz do Iguaçu

Castelo Libanês

Endereço: R. Vinícius de Moraes, 520 – Jardim Central, Foz do Iguaçu 

Comida boa, preço justo e bem servido, um prato serve até 4 pessoas.

Albayan Doceria Árabe

Foz do Iguaçu roteiro onde comer  doces arabes
Doces árabes no Albayan

Doces maravilhosos.

Fica na rua da Mesquita de Foz do Iguaçu Central.

Maki Sushi

Endereço: Almirante Barroso, 911, Centro

Comida japonesa com um bom custo x benefício.

Vô Luiz

Endereço: Rua Bartolomeu de Gusmão, 1089 – Centro

Comida por quilo com qualidade

No dia da visita tinham várias opções de pratos árabes, era uma quinta feira.

Vó Bertilda – Pizza

Endereço: Rua Bartolomeu de Gusmão, 1116

Boa opção para quando der vontade de comer pizza!

Vai viajar? Conheça nossos parceiros.